Dermatite Seborreica Causas Diagnóstico E Tratamento

A Dermatite Seborreica é uma doença de pele causada por conta de uma inflamação e também descamação na pele.

Aparece principalmente nas áreas do couro cabeludo, sobrancelhas, colo, face e também nos cantos do nariz.

A doença tem um caráter totalmente crônico, ou seja, ela pode melhorar durante algum tempo, mas voltar logo depois.

Por isso, quem sofre com a dermatite deve sempre tomar certos cuidados, já que ela pode voltar a qualquer momento. E ainda, não existem motivos definidos para o surgimento dela.

Como ainda não se tem uma causa totalmente conhecida, ela pode surgir com o passar dos tempos por conta de hábitos inadequados.

Mas também pode estar relacionada à baixa imunidade, herança genética, fatores externos como as alergias, tempo frio, estresse, ansiedade, comidas gordurosas, bebidas alcoólicas, excesso de produtos químicos no cabelo e também a presença do fungo o Pityrosporum ovale.

Sintomas Da Dermatite Seborreica

 

Dermatite seborreica causa muita oleosidade no couro cabeludo

Existem vários sintomas e nem sempre todos afetam o indivíduo, mas ao apresentar algum desses sintomas abaixo, é a hora de procurar por um médico especialista:

a) Oleosidade excessiva na pele e no couro cabeludo;

b) Escamas brancas que descamam, mais conhecidas como a caspa;

c) Escamas amareladas que são oleosas e ardem;

d) Coceira que pode piorar caso a área seja infectada pelo ato de ferir a pele;

e) Vermelhidão na área;

f) Perda de cabelo;

Como Diagnosticar?

 

Como evitar a dermatite seborreica e como-trata-la

A doença de pele deve ser diagnosticada por um dermatologista. Ele deve se basear pelos relatos do paciente, além de também verificar as lesões na pele ou no couro cabeludo.

Em alguns casos é necessário fazer alguns exames clínicos, entre eles, o exame micológico, biópsia ou também o teste de contato.

Esses exames servem para medir a intensidade da dermatite e assim procurar por um tratamento adequado.

Eles são rápidos e totalmente indolores, podem ser feitos inclusive no próprio consultório médico.

Como Tratar?

 

A doença não tem cura, mas pode ser tratada e controlada. O objetivo principal do tratamento é o controle da inflamação, da proliferação do micro-organismo e da oleosidade.

É grande o arsenal terapêutico que vai desde de medicamentos como corticosteroides, antifúngicos e outros tratamentos farmacológicos, cremes hidratantes até terapias naturais.

Mas geralmente o tratamento mais utilizado é a base de xampus, condicionadores e pomadas antifúngicas. Mas também é preciso tomar vários cuidados em casa.

É fundamental lavar os cabelos com mais frequência, caso a dermatite seja nesta região, afim de evitar que a oleosidade se acumule em excesso e possa provocar mais descamações.

Além disso, para quem sobre com a dermatite nesta região também é imprescindível diminuir o uso de chapéu e boné por conta do abafamento da cabeça.

Quanto mais abafado a região ficar, aumenta ainda mais as chances de suor que provocam a oleosidade na região. E ainda, quem gosta de usar spray e pomadas no couro cabeludo deve interromper durante o tratamento.

Dicas Úteis

 

Você sabia que a dermatite seborreica também está ligada com a alimentação?

Quem consome excessivamente comidas com alto teor de gorduras, frituras e açucares tem maiores chances de desenvolver a doença de pele ao decorrer dos anos.

E, além disso, quem já possui a dermatite deve tomar muito cuidado com a alimentação para não agravar o problema.

Consumir diariamente esses tipos de alimentos faz com que o corpo produza uma quantidade maior de óleo, o que gera a seborreia nas regiões, principalmente do couro cabeludo e face.

E ainda, outros problemas devido ao excesso de óleo como a acne pode ser bem recorrente devido a má alimentação.

Dermatite seborreica causa constrangimento

Quem sofre com a dermatite sabe o quanto é chato e constrangedor conviver com essa doença. 

Muitas pessoas ainda não sabem o que é dermatite seborreica e a primeira vista podem até achar que se trata de uma falta de higiene corporal, mas não é.

Vale lembrar que ela não é contagiosa ou perigosa, não é uma alergia e também não é provocada por falta de higiene.

Portanto é preciso ficar atento e prestar atenção! Se você está apresentando algum dos sintomas descritos acima ou notou alguma coisa diferente, não fique na dúvida, procure logo um médico dermatologista para fazer uma avaliação.

A consulta e os exames são bem tranquilos e como já foi citado anteriormente serão feitos todos os procedimentos necessários bem como a escolha da melhor opção terapêutica.

E dessa forma tendo ciência do curso da doença poderá iniciar o mais rápido possível o tratamento e com mais confiança.

Gostou desse artigo então curta e compartilhe! Deixe o seu comentário logo abaixo.

2 Comentários

  1. Ótimo post.

    Minha tia sofre de dermatite, vou indicar a leitura para ela, com certeza.

    • Olá Deborah,

      Gostaria de cumprimentar e parabenizar você e a todas as mulheres pelo Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia de hoje. Que bom que você gostou do artigo e espero que essas informações possam ser úteis para sua tia. Afinal quem sofre com a dermatite sabe o quanto é desagradável e às vezes embaraçoso conviver com esse problema. Muito obrigado pela visita pelo comentário e também por compartilhar o artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.