Saiba Mais Sobre A Importância Da Audição

A audição é o primeiro dos cinco sentidos desenvolvido pelo ser humano. A gente já nasce com uma capacidade auditiva fantástica.

É ela a responsável por desenvolver os processos da percepção, da fala e da comunicação, permitindo assim a interação com as pessoas que estão à nossa volta.

Nossa audição é um sentido inteligente que funciona como um receptor especializado que recebe e interpreta os estímulos externos.

Todas as vibrações produzem som e essa sensação sonora percorre o nervo auditivo até o cérebro onde esse som é percebido, reconhecido e entendido.

Outra habilidade incrível é a capacidade de orientação espacial. Com os dois ouvidos funcionando somos capazes de ter uma ideia de onde os sons estão vindo e, nos localizarmos no espaço, interagindo com os ruídos ao nosso redor.

A audição também é capaz de ignorar sons contínuos e altos e focar apenas no que estamos interessados e prestando atenção num determinado momento.

A maioria das pessoas pode ouvir bem e nem sempre se dá conta da importância deste sentido em suas vidas, até perdê-lo.

Com o passar dos anos a pessoa vai perdendo essa capacidade auditiva. Essa perda da audição é também um processo natural.

O bom funcionamento deste sentido vai diminuindo com o tempo, porém, não necessariamente você vai chegar à velhice sem ouvir mais nada. Simplesmente você vai ter mais dificuldades  para ouvir bem.

saiba mais sobre a importancia da audiçao

Mas quando se trata de um problema na saúde do ouvido, isso pode ser resultado de uma alteração no funcionamento das três partes da orelha, orelha externa, média e interna.

E pode acontecer em qualquer fase da vida. Pode ocorrer lentamente e é muito difícil de perceber os sintomas.

Os sintomas da perda da audição

Fique atento para esses sinais, pois, eles podem ser indicativos de que alguma coisa está errada:

a)      Você percebe que as pessoas falam como se estivessem resmungando;

b)      Tem dificuldades para ouvir a televisão e as pessoas à sua volta reclamam que o som está muito alto;

c)      Escuta com certa dificuldade quando alguém chama por você, principalmente se essa pessoa não está na sua frente ou encontra-se em outro cômodo da casa;

d)     Sente dificuldade de comunicar-se em ambientes com ruídos, por exemplo, no carro, ônibus ou em uma festa;

e)      Não entende o que as pessoas falam e sempre pede para repetirem o que disseram;

f)       Não ouve o barulho do relógio da parede, o som das águas nem o canto dos pássaros;

g)      Escuta com dificuldades o som do toque de campainha e do telefone;

h)      Alguém comenta que parece que você está surdo;

i)         Para entender uma conversa faz uso da leitura labial;

j)        Tem que se concentrar bastante para entender o que as pessoas falam, ou, parecem cochicharem;

k)      Um zumbido no ouvido que pode ser de vários tipos, sendo que os mais comuns são os sons de um apito, o chiado, a cigarra e o grilo.

Na maioria das vezes quando alguém apresenta alguns desses sintomas já houve uma perda auditiva e a pessoa nem percebeu.

O zumbido, por exemplo, é um problema que atinge cerca de 28 milhões de pessoas somente no Brasil.

Cuidar bem da saúde auditiva é uma necessidade real, porque a perda da audição, uma vez adquirida na maioria dos casos é irreversível.

3 Dicas importantes para uma boa conservar uma boa audição

Preste atenção a essas três dicas que podem ajudar a conservar uma boa saúde auditiva:

dicas para uma boa audição

 

a)      Tenha uma alimentação saudável, evite o consumo excessivo de açúcar e cafeína;

b)      Combata o estresse praticando alguma atividade esportiva que possa lhe proporcionar um relaxamento;

c)      E muito cuidado com a exposição a ruídos de sons altos como fones de ouvido, diversões e também das atividades profissionais.

 Ao perceber alguns dos sinais de problemas, descritos acima, procure um médico otorrinolaringologista que é o profissional da área da saúde que poderá lhe ajudar na identificação do seu problema, através de exames, e indicar o melhor tratamento.

Não perca tempo pensando que o problema vai se resolver sozinho. Quanto mais tempo permanecer com essa privação sensorial auditiva, menos favorável será o seu prognóstico terapêutico.

Gostou dessas dicas então curta e compartilhe! Deixe o seu comentário logo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.