Colesterol Alto O Que Fazer Para Reduzi-lo

O colesterol nada mais é do que uma gordura que todo o ser humano tem presente no organismo.

Sendo fabricado no fígado e que é fundamental para o seu funcionamento saudável.

O corpo utiliza o colesterol para a produção de diversos hormônios como, por exemplo, ácidos biliares e vitaminas, que são responsáveis por promover a digestão das gorduras.

Devido à alimentação incorreta, sedentarismo ou mesmo por herança genética, o colesterol pode aumentar de nível, fazendo com que a gordura se espalhe pelas artérias do corpo.

Ao atingir um teor alto, o colesterol passa a se caracterizar como uma doença, podendo causar danos graves como infarto e doenças cardiovasculares.

Além disso, o colesterol alto se caracteriza com uma doença crônica, pois não tem cura.

Ele apenas pode ser tratado e reduzido, ajudando a organismo a se manter saudável e com nível de gordura aceitável.

Como identificar o colesterol alto

colesterol alto com placas de gorduras nas arterias 

No organismo existem dois tipos de colesterol, o bom conhecido pela sigla HDL (High Density Lipoprotein ou lipoproteína de alta densidade) e o colesterol ruim conhecido pela sigla LDL (Low Density Lipoprotein ou lipoproteína de baixa densidade).

O HDL é responsável pela retirada do LDL do organismo encaminhando para o fígado onde ele será metabolizado e eliminado.

O LDL colesterol ruim forma placas de gorduras no interior das artérias dificultando a passagem do sangue para os órgãos como o coração e o cérebro.

Isso pode causar doenças cardiovasculares, infarto e derrame.

Na maioria das vezes o colesterol alto está ligado ao excesso de peso, mas isto não é uma regra, pois pessoas magras também podem desenvolver esta doença.

Identificar o colesterol requer um exame de sangue, pois ele não desencadeia nenhum sintoma, o que o torna ainda mais perigoso.

Sendo assim, o mais indicado para as pessoas obesas ou que já tiveram caso de colesterol na família é procurar orientação médica e solicitar um exame de sangue, onde será possível saber de maneira detalhada o nível de gordura no organismo.

Os valores de referência do colesterol são apresentados levando em consideração a idade e o sexo do paciente.

Este é o meio mais eficaz para identificar a doença e poder tratá-la adequadamente.

Dicas para reduzir o colesterol alto

Para se tratar e reduzir o colesterol alto é necessário ter consciência de que se deve mudar a alimentação e também os hábitos de vida.

Primeiramente, é necessário fazer uma dieta baseada em alimentos livres de gordura, sendo indicado incluir no cardápio frutas, vegetais, carnes magras, legumes, hortaliças e sucos naturais, leite e iogurte desnatado.

Não é recomendado comer frituras, massas em excesso, embutidos como, por exemplo, salame e mortadela, além de queijos amarelos e doces.

A princípio é difícil deixar de comer tais alimentos, porém, é bom lembrar que é a sua saúde está em jogo. Então todo esforço é necessário para mudança de hábitos alimentares.

Young fitness people doing spinning with instructor at gym

Além disso, os exercícios físicos ajudam reduzir o colesterol alto, uma vez que o sedentarismo é um dos principais fatores que contribuem para o aumento do nível de gordura no organismo.

Portando, é indicado praticar uma atividade física com regularidade como caminhada, corrida ou ginástica, que são capazes de queimar o excesso de caloria e consequentemente diminuir o colesterol alto.

Tem muitas pessoas que já seguem essas recomendações e mesmo assim tem índices de colesterol alto.

Elas já tem um predisposição genética e nestes casos é necessário também uma interação medicamentosa seguindo rigorosamente a prescrição feita pelo médico.

Indivíduos que apresentam fatores de risco como hipertensão, diabetes, tabagismo precisam ter uma atenção especial e fazer exames anualmente.

Só agindo assim será possível controlar o índice do colesterol em níveis normais. Vale lembrar que esse tratamento é para vida toda.

Gostou dessas dicas então curta e compartilhe! Cadastre-se na barra lateral ao lado e receba nossas dicas e atualizações diretamente no seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.