Suplementos Alimentares Usados Nas Academias

Os suplementos alimentares, substâncias produzidas quimicamente, com grande carga nutricional, que viraram uma febre entre as praticantes de atividades físicas nas academias.

O que para muitos se trata apenas de mais um modismo, para outros é considerado como um combustível, ou uma fórmula mágica, essencial para progresso rápido e eficiente nos treinos.

Mas na verdade a grande maioria nem sabe se realmente precisariam tomar suplementos alimentares e mesmo assim acabam usando.

A indicação vem através de colegas e amigos ou até mesmo do professor da academia. E para quem já pratica atividades físicas e deseja emagrecer, ganhar massa muscular e ter um corpo bem definido, precisaria de um ajuda extra.

Então a suplementação seria essa fonte energética capaz de potencializar esses efeitos nos treinamentos trazendo os resultados imediatos.

E essa prática aparentemente inofensiva pode esconder alguns perigos para sua saúde. Arriscar consumir esses suplementos sem indicação ou orientação de um profissional da saúde  poderá levá-lo futuramente a ter problemas no fígado, rins, nos ossos e até mesmo no coração.

As pessoas que estão indicando a suplementação não tem formação para isso. Não sabem, por exemplo, que há combinações de alguns suplementos em que um anula o efeito do outro.

Não são nutricionistas e nem médicos nutrólogos, não conhecem previamente o histórico clínico para saber se a pessoa pode ou não fazer o uso dos suplementos alimentares.

Embora muitos digam que não, mas existem sim contra indicações sérias quanto ao uso de  suplementos. Tem casos onde eles não podem ser indicados de forma alguma.

E para quem usa ainda pode ocorrer o efeito indesejável do “ganho excessivo de peso” se a pessoa tomar suplementos alimentares e não fizer a quantidade de exercícios suficientes para queimar toda essa energia.

A suplementação normalmente é indicada para os atletas profissionais que vivem do esporte, que estão em competição e precisam melhorar sua performance e seus resultados.

Eles podem ter uma alimentação às vezes abaixo do recomendado não conseguindo assim ter um aporte suficiente de proteínas devido ao alto gasto energético em treinos e competições.

E tem uma dosagem certa e um tipo certo a ser usada de acordo com cada modalidade esportiva praticada.

Mas para o esportista que vai na academia três vezes por semana malha e pega um pouco de peso não precisaria na maioria das vezes de suplementos alimentares. Uma boa parte dessas pessoas que fazem uso de suplementos muito provavelmente não teriam uma real necessidade.

Em uma alimentação saudável e equilibrada os alimentos fornecem todos os nutrientes que o organismo precisa. Dependendo é claro, do quanto de atividade física é praticada, bem como o peso da pessoa, pode haver ou não uma indicação médica.

Isso é individual e depende da análise de cada um, junto médico especializado na área nutricional,  ele vai calcular quem precisa e quem não precisa suplementar.

Para indivíduos sedentários a recomendação diária para ingestão de proteínas é de 0,8g por kg/dia. Em indivíduos ativos essa quantia fica varia entre 1,2g a 1,4g kg/dia já é o suficiente. Esses valores são facilmente conseguidos através da alimentação.

Os Tipos De Suplementos Alimentares

suplementos alimentares variados 

A procura por esses produtos cresceu muito e de forma rápida nos últimos anos. E estão sendo usados de maneira indiscriminada em academias.

É grande a variedade de suplementos alimentares, disponíveis no mercado, e cada um possui uma ação diferente. O fácil acesso a esses produtos faz com que as pessoas possam adquiri-los livremente.

Existem os energéticos vendidos em pó para serem misturados com água – são compostos de carboidratos que fornecem energia durante os treinos. Os protéicos vendidos em pó ou em barras, feitos a partir de proteínas do leite, soja ou ovo.

Os compensadores vendidos em pó para serem diluídos no leite ou suco são proteínas, vitaminas e minerais. Os repositores que são as bebidas esportivas compostos com água, sais minerais e glicose.

Os aminoácidos que são compostos de proteínas cujo a dosagem não é recomendado ao consumo.  

 

Quais Os Riscos Do Uso De Suplementos Alimentares

mais suplementos alimentares

 

A ingestão hiperproteica fornece mais proteínas do que o organismo precisa. E tudo que é de mais faz mal para a saúde. Esse excesso de proteína pode ocasionar sobrecarga nos rins levando a problemas renais.

As proteínas que não foram usadas são excretadas pelos rins. Há também problemas de sobrecarga no fígado porque as proteínas passam pelo fígado para serem metabolizadas. E tem estudos demonstrando que o excesso de proteínas pode também causar uma descalcificação  óssea.

A proteína quando ela entra na corrente sanguínea há uma reação chamada reação ácida. Há liberação de substâncias que acidificam o sangue.

Para evitar que esse sangue fique muito ácido o corpo humano tenta contrabalancear para retornar para um PH considerado correto que um PH de neutro para quase alcalino.

Para isso existe uma reação bioquímica quando o corpo humano utiliza outra substância chamada bicarbonato de cálcio.

Dentro do corpo se forma essa substância. Esse cálcio que o corpo utiliza vem dos ossos e depois de feita toda essa reação bioquímica esse cálcio não retorna para os ossos ele é excretado pela urina.

Essa ingestão hiperproteica por longa data pode levar a um processo de  descalcificação óssea.

Pode ocorrer também ressecamento de fezes e constipação intestinal. Por isso tem que se tomar mais cuidado. Uma suplementação mal dirigida trás mais problemas do que benefícios.

suplementos alimentares diluídos em água

Para concluir não faça uso da auto suplementação, ou de qualquer vitamina ou produto sem orientação de um profissional da área da saúde.

Procure um médico nutrólogo e  uma nutricionista, para que eles peçam e avaliem os resultados de todos os seus exames e analisem se realmente você precisa ou não de suplementos alimentares.

Os efeitos colaterais nocivos existem. Embora muitos digam que não faz mal,  você não deve brincar com a sua saúde.

Os resultados favoráveis virão do seu esforço e empenho nos treinos, aliados ao descanso e uma boa alimentação.

Para quem precisa de suplementação, tem que haver indicação médica juntamente com um acompanhamento. Neste caso é válido e não existe uma contra indicação e sim uma indicação correta.

Gostou dessas dicas então curta e compartilhe! Deixe o seu comentário logo abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.