Água De Reúso Para Consumo Humano

Você sabia que dá para aproveitar água de reúso para consumo humano?

Para quem muito ouviu dizer sobre água de reúso, mas não sabe a sua real definição, entende-se que essa água possui características capazes de serem tratadas e, assim, utilizadas novamente em algumas situações.

O consumo exagerado por parte da população do mundo ao longo de milhares de anos, fez com que chegássemos a essa crise hídrica.

Hoje precisamos urgentemente buscar alternativas para se ter esse bem natural tão necessário a saúde humana, haja vista que estudos da ONU revelam que em torno do ano de 2050, cerca de 2/3 da população não terão mais acesso a água potável.

Por isso, muitos enxergam a solução na água de reúso para consumo humano. E você, o que pensa a respeita?

Sabia que é possível aproveitar essa água de reúso para consumo humano?

Acompanhe a seguir como está o desenrolar dessa questão, não só no Brasil, mas no mundo e suas perspectivas.

 

Como Funcionaria A Água De Reúso Para Consumo Humano?

 

A água de reúso para consumo humano é uma alternativa

 

A ideia é que o esgoto seja tratado. Estranho para você? Mas essa é a maneira em que estão estudando e buscando para o reúso de água aos seres humanos.

O processo funcionaria da seguinte maneira:

– O primeiro passo seria eliminar as partes sólidas do esgoto na chegada das estações de tratamento. De maneira mais simples, tudo que for grande será retido nessa fase. Elementos com menos de milímetros acabam passando, sendo retirados em fases sequenciais.

– Na segunda fase, chamada de biorreatores de membrana, são retidos tudo aquilo que está em suspensão, bem como bactérias e vírus.

– A terceira etapa diz respeito a eliminação de medicamentos e sais. Aqui, ainda existem impurezas, mas em menor escala. Essa fase é chamada de osmose reversa.

– Na sequência, a água recebe oxidante forte e radiação ultravioleta para findar substâncias químicas ainda presentes.

– Por fim, após esse longo processo, a água precisa ser balanceada em seu PH. E, se por ventura for necessário, é adicionado algumas substâncias, como: zinco, cloreto e ferro. Feito isso, dizem que a água está apropriada para o consumo humano.

 

O Que Dizem Os Especialistas?

 

Água de reúso já é uma realidade em vários lugares

 

Esse assunto é bastante polêmico e merece atenção total. Há anos vem sendo discutido isso, principalmente, dentro da parte governamental em busca de uma solução para essa crise hídrica.

No entanto, há controversas entre os profissionais envolvidos. Os endocrinologistas, por exemplo, acreditam que certas substâncias ainda permanecerão na água, mesmo após o tratamento.

Essas substâncias provenientes, por exemplo, de anticoncepcionais podem causar uma série de efeitos, tais como: a infertilidade ou a menstruação precoce.

Essa informação foi levantada devido a um estudo feito com animais, mais especificamente com peixes, em que alguns se mostraram com características femininas. Esse estudo ainda não foi realizado com seres humanos.

Outros especialistas dizem que consequências desse consumo podem não aparecer de imediato, mas sim, décadas depois.

 

Mas, E A Dessalinização?

 

 

dessalinização seria um bom recurso, porém é um processo de alto custo, sendo assim, essa não é a primeira alternativa para o governo brasileiro em busca de água para a população.

 

O Aproveitamento Da Água De Reúso Para Consumo Humano No Mundo

 

Em alguns países, como os Estados Unidos e a Austrália, se faz uso de água de reúso para humanos.

De acordo com os países, isso é uma questão de necessidade, devido as secas da região, assim como a falta de água.

 

Concluindo

 

Esse é um assunto bastante polêmico em que alguns especialistas acreditam sim na possibilidade do reúso de água para consumo humano e outros, ainda não, solicitando testes.

O ideal, então, é que possamos utilizar esse recurso de forma consciente até que se estabeleça algo mais concreto sobre a utilização apropriada desse reúso para fins humanos.

Artigo escrito por Thaís Lima.

Gostou do artigo então curta e compartilhe! Deixe o seu comentário logo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.