A Importância Das Atividades Físicas Para A Saúde Dos Idosos

A população de idosos tem aumentado no Brasil e também no mundo todo graças ao desenvolvimento, modernização e progresso científico ocorrido nas últimas décadas.

Esse avanço na longevidade trouxe consigo uma questão muito importante que está com muito destaque atualmente: O envelhecimento saudável.

O envelhecimento é um processo contínuo, que representa um declínio natural das funções fisiológicas, perda da adaptabilidade e aumento da susceptibilidade a doenças.

Fatores como problemas físicos, isolamento ou a diminuição do convívio social, na maioria das vezes, abrem as portas para o sedentarismo e doenças emocionais como a depressão. São situações típicas e comuns desta fase, que interferem bastante no estado de saúde e qualidade de vida dos idosos.

As atividades físicas têm uma importância muito grande na mudança desse quadro na vida dos idosos. Os exercícios físicos criam uma nova perspectiva sobre o envelhecimento. Formam-se novas redes de amizades e essa socialização é benéfica para a saúde física e mental.

caminhada recomendado para idosos

Há uma melhora considerável da concentração, memória, raciocínio e o aprendizado motor. Fazer a sequência de repetições dos movimentos e toda a dificuldade exigida nestas execuções treinam e fortalecem ainda capacidade dos idosos em geral.

Os treinamentos funcionais são bastante indicados para compensar a perda da massa muscular e da força devido ao envelhecimento. Os resultados positivos ajudam na redução dos ricos de acidentes. As quedas, que representam um número muito grande de ocorrências, acontecem com muita frequência em atividades simples da vida cotidiana, como ir ao banheiro, subir ou descer uma escada.

Dicas De Atividades Físicas Para Idosos

É recomendado a pratica de pelos menos 30 minutos de exercícios físicos diariamente. Mais antes de iniciar qualquer atividade física é necessário consultar um médico para avaliar suas condições clínicas. Atividades que exigem mais esforço devem ser realizadas sob orientação profissional.

  • Pilates – É uma boa sugestão para pessoas com mais de 65 anos. Essa prática trabalha exercícios que envolvem todos os músculos de forma harmoniosa. Levando em consideração a condição física e as restrições a movimentos de cada aluno. O Idoso não sente nenhuma dor ou desconforto.Traz benefícios como o alívio da dor, mais flexibilidade, alívio do estresse, melhora a autoestima, mais equilíbrio corporal entre outros;
  •  Yôga – Promove a flexibilidade e o equilíbrio;
  •  Dança – Distração e divertimento melhora a concentração e a memória, trabalha a parte física;
  •  Caminhada – É o mais fácil e democrático dos exercícios físicos. Uma simples caminhada no parque, seguida de um bom alongamento já faz a diferença.

 

alimentação saudável para os idosos

Os hábitos alimentares saudáveis também promovem mais saúde e energia para a prática de atividades físicas, contribuindo para uma longevidade maior e melhor. As pessoas que praticam atividades físicas regularmente tendem a se alimentar melhor e não cometem certos excessos, ou seja, praticam hábitos que melhoram a qualidade de vida.

Investir na prevenção é sempre o melhor remédio e o mais econômico. Divulgar a prática dos exercícios físicos e os benefícios dessas atividades podem contribuir de maneira significativa para uma população de idosos mais ativa e bem mais saudável.

Gostou deste artigo então curta e compartilhe! Deixe o seu comentário logo abaixo.

3 Comentários

  1. Miguel Costa

    Sou educador físico do NASF – (Núcleo de Apoio à Saúde da Família). Baseado nestes dados foi possível elaborar atividades que pudessem se adequar às necessidades dos idosos e possibilitar melhorias psicossociais e de saúde em geral.

    • Olá Miguel,

      Que bom saber que esse conteúdo pode colaborar no seu trabalho junto ao NASF. As atividades desenvolvidas neste programa podem garantir não só uma longevidade maior como também uma melhor qualidade de vida para todas as pessoas e em especial os idosos. Muito obrigado pela visita e também pelo comentário.

    • Marcos Vinicius

      Olá Miguel! Eu também sou Educador Físico do NASF, e também achei muito interessante este artigo para nossa prática! Vamos trocar experiências? Qualquer coisa manda um e-mail: [email protected]
      Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.